Resumo Trabalho

A COMPREENSÃO DO BRINCAR NA INFÂNCIA COMO CONSTITUINTE DA PRÁTICA DOCENTE

JEORGEANA SILVA BARBOSA, JANAINA SILVA PONTES DE OLIVEIRA, JOÃO PEDRO ANDRADE DA SILVA, KÁTIA MARÍLIA TAVARES DE MOURA MARTINIANO

O referido trabalho insere-se no universo de discussões sobre a formação do professor e apresenta como objeto de reflexão à ação pedagógica do educador brinquedista no contexto da brinquedoteca, Laboratório de Ensino do Curso de Pedagogia do Campus III da Universidade Federal da Paraíba. Tem como objetivo: refletir sobre a ação pedagógica do educador brinquedista relacionada a compreensão sobre o brincar na infância como constituinte necessário à prática docente. A abordagem metodológica que orienta a organização do trabalho é a pesquisa-ação. Para a construção de nossas análises utilizamos a observação participante e a entrevista não diretiva realizada com grupos de crianças em visitas agendadas por escolas da região a brinquedoteca. A observação participante teve ênfase na interação das crianças com os espaços, o brinquedo, o brincar, bem como na relação com o educador brinquedista. Concluímos que a compreensão sobre o brincar na infância como constituinte necessário à prática docente passa pela possibilidade de uma relação mais direta entre o educador e a ação brincante da criança. Essa relação deve ser parte integrante da formação inicial do professor. Aprender sobre o brincar torna-se constituinte da prática docente a medida que compreendemos essa ação como elemento que constitui a natureza da infância.

Veja o artigo completo: PDF