Resumo Trabalho

RESPONSIVIDADE E EXIGÊNCIA MATERNA SOB O OLHAR DE FILHOS ADOLESCENTES

KIVYA MARCIONILLA PALMEIRA DAMASCENO, BIANCCA DE SOUSA PADILHA, DÉBORAH STEPHANY ALVES DE LIMA, VANESSA ARAÚJO TOSCANO DE BRITO

Os estilos parentais são ações realizadas pelos pais que refletem nas relações mantidas com os filhos, que influenciam o comportamento destes durante toda trajetória de seu desenvolvimento. Os quatro estilos parentais são definidos na interelação entre duas dimensões: exigência e responsividade. Há evidências que o equilíbrio entre níveis de responsividade e exigência favorece a criação de um ambiente favorável ao desempenho escolar satisfatório. Assim, a partir de uma amostra de 216 estudantes com idades entre 12 e 17 anos (M = 13,68; DP = 1,35) em João Pessoa e utilizando um Questionário de Percepção dos Pais (19 itens) e uma Escala de Atitudes Frente à Aprendizagem (26 itens), objetivou-se relacionar os resultados obtidos a partir dos instrumentos supracitados com o sexo, instituição e índice de reprovação dos participantes. Os dados foram analisados pelo pacote estatístico SPSS. A análise indicou que alunos de rede privada apresentaram médias maiores nos fatores: Disposição negativa (M=21,21; DP= 3,27), Expectativa (M = 25,23; DP = 2,83) e Ansiedade (M = 18,40; DP = 5,25), enquanto a rede pública no fator Abertura (M= 32,88; DP=6,34). Quanto às dimensões, adolescentes do sexo masculino pontuaram médias superiores em Responsividade (M = 29,35; DP = 8,29) e Exigência (M = 19,29; DP = 6,76). No tocante a reprovação, os alunos que não reprovaram apresentaram médias maiores na dimensão Responsividade (M = 28,04; DP = 9,50), diferente dos já reprovados, que obtiveram destaque em Exigência (M = 19,41; DP = 7,13).

Veja o artigo completo: PDF