Resumo Trabalho

A EDUCAÇÃO INDÍGENA EM ESCOLAS URBANAS: UM ESTUDO DE CASO

VERA LUCIA AMADOR ALVES

A EDUCAÇÃO INDÍGENA EM ESCOLAS URBANAS: UM ESTUDO DE CASO Autor : Mestranda Vera Lucia Amador Alves; Orientadora: Professora Drª Maria Beatriz Rocha Ferreira UFGD – Universidade Federal da Grande Dourados – vera-amador@hotmail.com Resumo: O presente trabalho “A criança indígena e a educação infantil em escolas urbanas” é um estudo que traz uma reflexão acerca das crianças indígenas que saem das RID (Reserva Indígena de Dourados) para estudarem nas escolas urbanas. Uma escola que recebe crianças indígenas deve estar sempre pronta para o novo, para algo que faça a criança sentir-se bem e acima de tudo integrante da comunidade escolar, o que não deve ocorrer é o inverso, as crianças sentirem-se rejeitadas, deixadas de lado, como se não fizessem parte da comunidade escolar, sentindo-se como se fossem inferiores as demais crianças da escola que não são indígenas. Neste sentido o texto traz um estudo bibliográfico que respalda um projeto de pesquisa de campo que está em andamento. O estudo procura evidenciar a necessidade da escola trabalhar com a interculturalidade como um instrumento de lutas, mostrando que a cultura de um povo enriquece a cultura do outro, é importante possibilitar a construção de um pensar com criticidade. A escola passa a ser reivindicada pelas comunidades indígenas como espaço de construção de relações intersocietárias baseadas na interculturalidade e na autonomia política. A interculturalidade será apresentada com autores dos estudos culturais, bem como as relações de poder de Elias. A educação infantil e indígena pautadas em autores que abordam o tema como: Sarat, Bergamaschi, Meliá, entre outros. Palavras-chave: Educação infantil, Educação indígena, Escola urbana.

Veja o artigo completo: PDF