Resumo Trabalho

DE REPENTE CORDEL: PROCESSOS AVALIATIVOS

MARIA GISLAINE PEREIRA, AMANDA CELERINO DA SILVA

Perante um sistema de educação tradicional se tem a necessidade de investir em estratégias e recursos que visem superar o método de instrução padronizado em escolas e universidades, a fim de promover uma aprendizagem mais significativa para vida do aluno. Investir em métodos diversificados para empregar na sala de aula cria um ambiente educacional estimulante, satisfatório e lúdico, onde o aluno encontra confiança e apoio para expressar com mais segurança seu ponto de vista. Ainda o professor tem uma função importante no processo de ensino e aprendizagem, ao desenvolver atividades pautadas em métodos que facilitem a apresentação e compreensão dos conteúdos. Este estudo tem como propósito levantar reflexões acerca do uso da literatura de cordel como um recurso didático avaliativo na disciplina de Avaliação da Aprendizagem em curso de Licenciatura em Ciências Biológicas. Durante o semestre foram abordados temas como: Modelos de avaliação (diagnóstica, formativa, somativa); Aprendizagem Significativa; Currículo e avaliação; Instrumentos e critérios avaliativos; Avaliação e inclusão; estes que foram escolhidos para ser sintetizados e revelados em forma de cordel no final do semestre. A literatura de cordel é uma forma de expressão popular e os versos que constituem a história narrada em seus poemas se baseiam em uma a linguagem simples, devido tal característica, o cordel se mostra como um recurso didático e avaliativo elementar para ser utilizado em sala, visto que auxilia na compreensão dos conteúdos, especialmente os mais complexos. A atividade desenvolvida com o cordel em sala foi dividida em três momentos: Aula de revisão, importante para revisar e consolidar os conteúdos vistos durante o semestre; Produção dos cordéis, no qual, estipulou-se um prazo de 15 dias para criação dos mesmos, de forma a contemplar claramente os conteúdos abordados, além de organizá-los em versos com rimas e métricas bem ajustadas; e por último a Apresentação, destinada a recitação dos cordéis, de forma a tornar um momento descontraído em sala. Através da realização de uma pesquisa on-line com a turma, procurou-se investigar se o uso do cordel enquanto instrumento avaliativo prático contribuiu para a compreensão dos conteúdos trabalhados. Os resultados validaram a proposta do seu uso na disciplina.

Veja o artigo completo: PDF