Resumo Trabalho

A CONCEPÇÃO DE MAGISTÉRIO PRIMÁRIO DE HILDA DE SOUZA

KEDNA KARLA FERREIRA DA SILVA, ALBA LÚCIA NUNES GOMES DA COSTA, SANDRA SILVESTRE DO NASCIMENTO SILVA, WANDERLÉIA FARIAS SANTOS

O presente estudo que teve como objetivo central analisar a concepção de magistério primário de Hilda de Souza. Sendo, a construção e os resultados deste trabalho, fruto de uma pesquisa de mestrado, cuja dissertação é intitulada, Memória entre Papeis: tessitura das práticas docentes de Hilda de Souza (1948-1953). Tendo como aporte teórico – metodológico o campo na Nova História Cultural por compreendermos que essa corrente historiográfica ampliou as fontes e objetos de estudo para o fazer historiográfico da História da Educação brasileira. Ancorados nas contribuições da história oral, da memória, e de um estudo de gênero como categoria de análise no trato com as fontes, bem como, no desvelamento dos depoimentos desta educadora acerca de suas práticas docentes no exercício do magistério. Desse modo, temos como mote nas páginas seguintes a compreensão da concepção de magistério de Hilda de Souza através de uma desmistificação dos termos “vocação, missão” entre outras terminologias, por ela usada ao se referir a profissão do magistério. Assim, é sob as “lupas” dos autores LOURENÇO FILHO (2001), CHAMON (2005), SCOTT (1990), dentre outros autores que situados à luz de vossas respectivas epistemologias buscaremos analisar as construções que historicamente foram cristalizando as concepções acerca do magistério.

Veja o artigo completo: PDF