Resumo Trabalho

CHRISTIANNE MEDEIROS CAVALCANTE

O presente trabalho constitui-se em uma discussão a respeito do processo de estágio supervisionado em Gestão Escolar no Ensino Fundamental, na região do Seridó/RN. A partir das leituras realizadas em relatórios de estágio supervisionado, emergiram alguns questionamentos que definiram nossas categorias de análises: Como as práticas de gestão foram descritas pelos alunos? Estas estão configuradas segundo o princípio constitucional da democracia? Como os alunos percebem tais práticas? A que conclusões chegaram? O objetivo foi identificar as percepções dos sujeitos – os alunos - sobre a experiência do estágio diante do processo de gestão escolar, buscando contribuir para a reflexão sobre o mesmo como elemento formativo do professor e pedagogo. Quanto aos objetivos específicos da investigação, tivemos que caracterizar as práticas de gestão nas escolas de ensino fundamental; refletir sobre a escrita dos alunos, identificando os aspectos que se destacaram na experiência vivida e as conclusões, mesmo que incipientes, sobre a realidade estudada. Este estudo configura-se como qualitativo, sendo uma pesquisa bibliográfica e documental, cujos objetos de investigação foram relatórios produzidos por alunos do 6º período, no componente curricular citado além dos documentos legais, e os teóricos que formam o corpo de discussão sobre estágio e gestão escolar. Concluímos que a gestão educacional ainda é entendida apenas como a presença em reuniões para a tomada de decisões, sem no entanto, haver a gestão da participação. Identifica-se a existência de práticas conservadoras, nas quais as decisões são verticalizadas e concentradas na figura do diretor. Compreende-se que as relações interpessoais consideradas agradáveis, sem conflitos aparentes, expressam a ideia de participação e trabalho coletivo e, finalmente, que háa necessidade de pensar os formatos dos estágios para uma significância maior para os alunos.

Veja o artigo completo: PDF