Resumo Trabalho

SILVILENE MÁRCIA FERREIRA, ANNE CAROLINE SILVA AIRES e orientado por PROFA. DRA. VAGDA GUTEMBERG GONÇALVES ROCHA e orientado por PROFA. DRA. VAGDA GUTEMBERG GONÇALVES ROCHA

O presente trabalho propicia ressaltar a importância do estágio supervisionado V para a formação docente em Pedagogia pela Universidade Estadual da Paraíba. O mesmo visa desenvolver em cada estudante não apenas a compreensão das teorias estudadas em sala, mas também refletir para a aplicação da mesma em sua prática, possibilitando a percepção dos maiores problemas, enfrentados na realização do estágio nas escolas públicas e mais especificamente, o papel da melhoria na formação do estagiário, quanto à qualidade do professor da educação básica nas séries iniciais do Ensino Fundamental I, que será inserido no mercado de trabalho, e que se tornará parte responsável pela formação de nossa sociedade. Procurou-se discutir limites e avanços presentes neste componente curricular, refletindo sobre essa problemática no ensino/aprendizagem dos educandos em consonância com a realidade escolar, bem como, o domínio de instrumentos teóricos e práticos imprescindíveis à execução de suas funções e em benefício se nossas experiências, promovendo o desenvolvimento de todos os conhecimentos teóricos e práticos adquiridos durante o curso nas Instituições de Ensino Superior de formação em docência. Em suma, o estágio supervisionado proporciona a real noção do que o futuro professor encontrará no seu cotidiano, aprendendo a lidar com diferentes nuances para atingir seu objetivo maior, que é promover a aprendizagem. Além de tudo isso, a prática de estágio ainda, amplia a maneira de entender a respeito do meio que irá atuar e mostra de forma real as responsabilidades que caberão ao professor, enfrentar em sua futura profissão. Na realização desse estudo, optamos pela pesquisa bibliográfica, utilizando aportes teóricos e documentos oficiais estudados durante nossa formação como: ECA (1990); Vigotsky (1984, apud WAJSKOP, 2007); Sandroni& Machado (1998); Winnicott (1975).

Veja o artigo completo: PDF