Resumo Trabalho

A AVALIAÇÃO DA APRENDIZAGEM E ALGUMAS CONCEPÇÕES DE PROFESSORES DO ENSINO FUNDAMENTAL II

FRANCISCO DAS CHAGAS DE SENA, THAMARA JULIANA MACEDO COSTA

O presente artigo apresenta algumas concepções de professores do 6º ao 9º ano do Ensino Fundamental II da Escola Municipal Francisca Leonísia da Cruz, município de Florânia/RN, em relação à avaliação da aprendizagem. Nele, são analisadas as concepções e as práticas avaliativas desses professores, além do impacto delas no processo de ensino-aprendizagem. A escolha metodológica parte de uma pesquisa quali-quantitativa do tipo estudo caso, tendo como instrumentos de coleta de dados: questionários e análise documental. A análise dos dados foi realizada à luz das abordagens de Bock; Furtado; Teixeira (2008); Cordeiro (2009); Esteban (2008); Fernandes (2014); Fontana e Cruz (1997), Hoffmann (2009); Libâneo (1994, 2011); Luckesi (1998, 2010); Romão (2011); Vasconcelos (2006, 2007, 2013, 2014), dentre outros. Através dos resultados da pesquisa, foram constatados vários problemas de ordem pedagógica, tais como: disparidades entre os docentes da instituição relacionados às maneiras de concepções de avaliação da aprendizagem que praticam no cotidiano escolar, os tipos de instrumentos avaliativos utilizados, quantidade e frequência de aplicação dos testes, formas de tratamento da questão do erro em sala de aula, dentre outros, além de inexistir um trabalho pedagógico de formação continuada na própria escola junto aos professores no intuito de embasá-los teoricamente concernente à temática da avaliação da aprendizagem. O texto é concluído, destacando a importância de que os resultados encontrados no estudo sirvam de base para uma análise crítica e reflexiva por parte da gestão e dos professores que fazem parte da escola pesquisada, a fim de que possíveis mudanças sejam implementadas no intuito da promoção de uma educação de qualidade a todos os discentes que frequentam a referida instituição de ensino.

Veja o artigo completo: PDF