Resumo Trabalho

A EDUCAÇÃO SEXUAL NA LICENCIATURA EM CIÊNCIAS BIOLÓGICAS

RODRIGO CIRINO MENDES, EMANOEL MARCOS MEDEIROS DE AZEVEDO, ANITA LEOCADIA PEREIRA DOS SANTOS, MARIA BETANIA SABINO FERNANDES

A escola ainda hoje tem como finalidade predominante trabalhar sobre os conteúdos tradicionais e, esta característica compromete a ação docente para trabalhar os variados temas transversais, em especial a orientação sexual. Nesta perspectiva, o objetivo desse trabalho é discutir a compreensão dos graduandas e graduandos de Licenciatura em Ciências Biológicas acerca da importância da disciplina Educação Sexual, ofertada pela primeira vez no Centro de Ciências Agrárias - CCA, na Universidade Federal da Paraíba-UFPB, no primeiro semestre de 2016. O grupo de alunos participantes, como colaboradores deste estudo, é formado por sete graduand@s, com idades entre 22 a 27 anos, sendo um do sexo masculino e seis do sexo feminino. Os dados foram coletados no mês de maio de 2016, depois de decorridos dois terços da disciplina, através de um questionário proposto e enviado e devolvido por e-mail, a partir de uma das atividades realizada na Sala de Aula do Prédio da Mata do CCA/UFPB. Os resultados apontam para o interesse dos futuros docentes em obter uma preparação para tratar as questões da sexualidade em sala de aula e que os anos de estudo na educação básica e superior por si só, não conferem ao futuro professor de Ciências Biológicas a condição necessária para tratar as questões de sexualidade em sua futura ação docente, sendo necessário abordar a temática da sexualidade na formação docente, na perspectiva formal e extracurricular com o intuito de preparação pessoal e profissional para a construção de uma cultura de diálogo e de respeito à diversidade.

Veja o artigo completo: PDF