Resumo Trabalho

NATÁLIA CARVALHO PEDROSA DE SOUZA e orientado por MARIA DE FÁTIMA CAMAROTTI e orientado por MARIA DE FÁTIMA CAMAROTTI

De acordo com os Parâmetros Curriculares Nacionais (PCN), o ensino de Ciências tem como objetivo possibilitar ao aluno condições necessárias por meio de situações-problemas em que o mesmo será orientado a observar, criar hipóteses, testá-las, afirma-las ou até mesmo abandoná-las se necessário, desenvolvendo a capacidade de tirar conclusões, através do método científico. Este trabalho teve como objetivo investigar se a construção de modelos didáticos consiste em uma prática eficaz na promoção do ensino- aprendizagem das disciplinas de ciências e biologia na educação básica. O público alvo foi composto por alunos do Ensino Fundamental II (8ºano, n=26) e Ensino Médio (2ª série, n=41) da EEEFM Prof.ª Antônia Rangel de Farias, João Pessoa - PB (n=67), e foi desenvolvido por uma bolsista do Subprojeto PIBID-Biologia da Universidade Federal da Paraíba do Campus I, nos meses de fevereiro a março de 2017. Foram utilizados como pressupostos teórico-metodológicos os fundamentos das Pesquisas Qualitativa e Quantitativa, através da Observação Participante, utilizando-se do Método de Etnografia Escolar. Os dados Quantitativos foram calculados pelo Excel por meio de gráficos e porcentagem, já a avaliação dos dados Qualitativos ocorreu através da análise de conteúdo. A coleta de dados ocorreu através de questionários (pré-testes) compostos por questões abertas e fechadas e da observação participante. Nos resultados dos pré-testes sobre modelos didáticos as repostas em todas as turmas foram positivas, onde as mesmas indicaram modelos didáticos como ferramentas importantes para ensino de ciências e biologia e demonstraram interesse em trabalhar com esses instrumentos em sala de aula. Portanto, pesquisas como essa se fazem necessárias e merecem continuidade, assim como o desenvolvimento de práticas e intervenções pedagógicas em sala de aula, de modo a relacionar a teoria e a prática e promover uma aprendizagem realmente significativa dos conteúdos de ciências e biologia, contribuindo na promoção de mudanças efetivas para a educação básica no Brasil.

Veja o artigo completo: PDF