Resumo Trabalho

JÉSSICA KAMILLA DE ARAÚJO DINIZ e orientado por IZAURIANA BORGES e orientado por IZAURIANA BORGES

Muitos educadores têm a concepção de que a aprendizagem se dá por meio do método da repetição, com pouca busca de pesquisas para elaboração de planejamentos e aulas com pouca criatividade que despertem o interesse do educando, no entanto, o processo educativo está acima de tudo inter-relacionado com sentimentos, afetos e a construção do conhecimento. O lúdico e as atividades lúdicas realizam a mediação entre o professor e o conhecimento de forma prazerosa, dinâmica e significativa na sala de aula propiciando e garantindo um ambiente rico, prazeroso, saudável e não discriminatório de experiências educativas e sociais variadas. O objetivo deste estudo foi discutir a concepção de docentes sobre o conceito do lúdico e atividades lúdicas na Educação Infantil. Foi realizada uma pesquisa de caráter qualitativo através de um questionário semi-aberto contendo nove perguntas com 10 professoras de escolas públicas. Os resultados mostram que as atividades lúdicas são bem aceitas pelas crianças de modo a contribuir concomitantemente com um melhor ensino-aprendizagem visto que despertam e motivam mais os alunos. Além disso, o lúdico contribui para o desenvolvimento dos alunos tanto em aspectos físico, afetivo, intelectual e social, pois a criança forma conceitos relaciona idéias e reforça habilidades sociais. Conclui-se que o lúdico e as atividades lúdicas são de extrema relevância para o crescimento integral dos alunos, uma vez que o brincar facilita a aprendizagem nos seus mais diversos campos, como o social, a ampliação da linguagem, o comportamento e a cognição propiciando assim um desenvolvimento prático e harmonioso tornando-o mais independente.

Veja o artigo completo: PDF