Resumo Trabalho

PROGRAMA INSTITUCIONAL DE BOLSAS DE INICIAÇÃO Á DOCÊNCIA: UM RELATO DE EXPERIÊNCIA SOBRE O PROCESSO DE FORMAÇÃO NO SUBPROJETO DE EDUCAÇÃO FÍSICA NA CIDADE DE SOBRAL - CEARÁ.

FRANCISCO MIKAEL SILVA SANTOS

A valorização da docência como matriz profissional se configura como o principal desafio em nossa atualidade. Não há duvida de que a docência constitui o setor central de desenvolvimento da sociedade contemporânea e um dos pontos imprescindíveis para entender às transformações. O Programa Institucional de Bolsas de Iniciação à Docência (PIBID) traz em sua concepção a necessidade de tratar o conhecimento universitário de modo contextualizado, utilizando sempre as relações entre conteúdos e realidade para dar significado ao aprendido, estimular o protagonismo do discente e a autonomia intelectual. Além disso, incorpora a ideia de que a contextualização é um eixo importante para dar significado ao conhecimento problematizado e entendido pelo aluno universitário. O PIBID/UNIVERSIDADE ESTADUAL VALE DO ACARAÚ foi implantado em 2011, com objetivo de inserir o acadêmico em seu futuro local de atuação. Atualmente, o Programa é visto pela comunidade acadêmica como imprescindível na complementação profissional dos discentes em Educação Física uma vez que, incentiva a leitura e contextualização de textos, realiza discussões acadêmicas para a elaboração dos planos de aulas a serem aplicados nas escolas da região, para além dos monitores intercederem durante todo o processo de ensino/aprendizagem nas escolas. Assim sendo, este artigo foi elaborado a partir de experiências de três bolsistas e um coordenador do Subprojeto de Educação Física da Universidade Estadual Vale do Acaraú. Visa tão somente, relatar as experiências ocorridas no Programa Institucional de Bolsas de Iniciação à Docência e a influência dessas vivências práticas para o conhecimento de um ensino de qualidade.

Veja o artigo completo: PDF