Resumo Trabalho

“OS MENINOS, ELES É QUE GANHAM”: PERCEPÇÕES DE GÊNERO DE PROFESSORAS SOBRE BRINCADEIRAS NA EDUCAÇÃO INFANTIL

ROSEANE DE OLIVEIRA GOMES

A educação infantil é o primeiro contato que a criança tem com a educação básica. Nesse período que vai de zero á seis o desenvolvimento integral da criança nos aspectos físico, psicológico, intelectual e social é essencial, juntamente com a ação da família e também da comunidade. Nessa fase estima-se que uma prática bastante comum em que as crianças são separadas na hora de brincar esteja presente no cotidiano da educação infantil moldando a sua formação desde tenra idade. O objetivo desta pesquisa foi mostrar a percepção de quatro professoras da educação infantil, quanto às brincadeiras das crianças na escola, sob a perspectiva de gênero. A pesquisa realizada é caracterizada como qualitativa e exploratória. Como instrumentos de pesquisa foram utilizados a observação participante e um questionário com perguntas abertas, aplicado a professoras das turmas do pré-escolar. No final, os dados foram cruzados com a bibliografia utilizada para, de maneira contextual, analisar os resultados. Para fundamentar a pesquisa recorreu-se à bibliografia especializada utilizando principalmente autores/as como Finco e Louro. A pesquisa apontou aspectos das desigualdades de gênero no momento de meninos e meninas brincarem, evidenciando a importância de as crianças brincarem juntas sem discriminação de gênero, e, em certos momentos, sob a intervenção dos/as educadores/as.

Veja o artigo completo: PDF