Resumo Trabalho

A CONTRIBUIÇÃO DA ESPIRITUALIDADE PARA A EDUCAÇÃO DE JOVENS E ADULTOS

ANA PAULA SOARES LOUREIRO RODRIGUES, ANA CRISTINA DE ALMEIDA CAVALCANTE BASTOS

RESUMO O presente estudo pretende refletir sobre a contribuição da espiritualidade para a Educação de Jovens e Adultos (EJA) tendo como aporte teórico Ferdinando Röhr em sua obra “Educação e Espiritualidade: contribuições para uma compreensão multidimensional da realidade, do homem e da educação”. Apresenta as cinco dimensões básicas: física, sensorial, emocional, mental (imanentes) e espiritual (transcendente) e demonstra como as mesmas estão interligadas e desta forma, se influenciam mutuamente numa visão multidimensional e indivisível do ser humano em seus aspectos físicos, psíquicos e espirituais. Destarte, aponta para a compreensão destas dimensões básicas e propõe estabelecer relação com o cotidiano em sala de aula na Educação de Jovens e Adultos como condição fundamental para se inaugurar uma nova meta educacional pautada na formação integral do ser humano. Reflete também sobre a necessidade do professor orientar sua tarefa educacional numa perspectiva de reconhecer a multidimensionalidade de seus alunos enquanto seres integrais, de forma a produzir uma aprendizagem significativa, responsável e comprometida com o bem estar individual e coletivo do aluno tanto em relação a si mesmo, quanto na sua relação com seus pares, como também na competência de se desenvolver uma consciência crítica e pensante empoderada na condição de agente de transformação do ambiente ao qual se está inserido socialmente. Este estudo ainda destaca a importância da dimensão espiritual enquanto dimensão sutil que perpassa todas as demais entrelaçando as realidades imanentes e transcendente do ser humano. Por fim, suscita o professor para o fortalecimento do compromisso ético em sua prática diuturna voltada para a humanização dos educandos e para o desenvolvimento constante e perene de sua própria integralidade PALAVRAS-CHAVE: Educação. Espiritualidade. Prática pedagógica.

Veja o artigo completo: PDF