Resumo Trabalho

OS ESTUDOS URBANOS NO ENSINO DE GEOGRAFIA E A FORMAÇÃO DE UMA INTELIGÊNCIA ESPACIAL MULTIESCALAR

FAMARA DE SOUZA LEMOS, THALITA CRISTINA BARROCA DA SILVA, EUGENIA MARAI DANTAS

O presente trabalho teve por objetivo analisar o ensino de geografia na perspectiva dos estudos urbanos. Fundamentado teoricamente em autores que discutem a apreensão do lugar, da cidade, do mundo e das relações estabelecidas entre estes, numa abordagem multiescalar. Portanto, considera-se a cidade, o bairro, o cotidiano e a informação como escalas de análise da realidade espacial urbana, e a abordagem multiescalar enquanto método para a compreensão do atual mundo complexo em que vivemos. Almejamos sujeitos que possuam competências e habilidades para atender a inteligência espacial, atenta e articulada ao ensino de geografia, que visa, dentre outros objetivos, a formação cidadã. A realização dessa investigação baseia-se metodologicamente na interpretação de documentos oficiais como os Parâmetros Curriculares Nacionais - PCN, Orientações Curriculares Nacionais para o Ensino Médio e a política pública do Plano Nacional do Livro Didático – PNLD e na experiência desenvolvida no estágio supervisionado de formação de professores. A partir da análise desses documentos e da experiência vivida, compreendemos quais as intencionalidades e orientações para o ensino de geografia; a importância do professor em criar estratégias que articulem o global e o local; e, por fim, a compreensão de que a inteligência espacial é sempre um jogo multiescalar, sendo o espaço um campo aberto para exercitar as regras desse jogo. Nesse contexto, o estudo do lugar, da cidade, do bairro, do cotidiano, embora lacunar, nas sistematizações do livro didático analisado, se transforma em uma potência criativa para o estudo do urbano, estabelecendo-se como um dos principais desafios e orientação das práticas docentes.

Veja o artigo completo: PDF