Resumo Trabalho

HELAINE HADDAD SIMÕES MACHADO e orientado por RENÉ LOZI e orientado por RENÉ LOZI

Este estudo baseou-se em um estágio de mestrado profissional em didática de disciplinas não linguísticas, realizado de fevereiro a março de 2017 no estabelecimento de ensino médio público francês Lycée Honoré d’Estienne d’Orves, (Nice, França). As observações foram centradas em aulas de ciências naturais (Sciences de la Vie et de la Terre – SVT) orientadas para a aprendizagem baseada na investigação visando responder à seguinte pergunta: quais as condições necessárias para que o ensino de ciências naturais baseado em investigação possa ajudar efetivamente os alunos a se apropriarem dos saberes científicos? Esta abordagem, para não ser restritiva do ponto de vista didático, deve estar apoiada na prática de um procedimento experimental do tipo hipotético-dedutivo e para isso os professores devem estar bem preparados, sobretudo na mediação do uso de modelos e modelizações, na escolha dos conteúdos e na organização do tempo. Três questões dirigidas aos alunos estavam sempre presentes nas situações didáticas: O que vocês observam? O que vocês já sabem? O que podemos deduzir? Os planos de aulas eram desenvolvidos seguindo dez etapas indispensáveis, entre elas: a situação-problema desencadeadora da investigação, o debate científico na classe visando conceber uma estratégia de resolução, o trabalho prático e autônomo dos alunos utilizando ou construindo modelos, a apresentação e argumentação dos resultados por parte dos alunos, a interpretação e correção desses resultados sob a pilotagem do professor e um esquema recapitulativo final. Entre as necessidades operacionais para que os objetivos das aulas fossem atingidos estavam, principalmente, o preparo dos professores em aplicar esta abordagem e a reorganização do ambiente escolar. Entre os obstáculos internos mais relevantes, pudemos identificar as dificuldades de abstração e de domínio da linguagem científica. Para propiciar o bom nível de qualidade das interações professor - aluno – saber, faz-se necessário, portanto, o investimento efetivo na formação de professores na modalidade didática do uso de modelos e modelizações para resolver situações-problemas, indispensável para o sucesso do ensino de ciências naturais.

Veja o artigo completo: PDF