Resumo Trabalho

INTERPRETAÇÃO DO PERFIL FLUID CAPACITANCE DA FERRAMENTA PRODUCTION LOGGING TOOL

Autor(es): MÁRCIO ROBERTO DE ANDRADE ARAÚJO FILHO, CLAUDIANA FERREIRA DA SILVA, WELLINGTON DOS SANTOS DE ARAUJO e orientado por ERNESTO VARGAS BAUTISTA e orientado por ERNESTO VARGAS BAUTISTA

A ferramenta de perfilagem de produção (Production Logging Tool – PLT) é muito utilizada na produção e/ou injeção de fluidos em poços de petróleo e gás natural. Esta ferramenta se constitui de vários perfis. Um deles é chamado de Fluid Capacitance, cujo objetivo é detectar a porcentagem de água do fluido que está produzindo, através da medição da capacitância/constante dielétrica do fluido que nada mais é a grandeza física que relaciona a quantidade de carga adquirida pelo capacitor em função do potencial elétrico. O objetivo desse trabalho foi desenvolver uma metodologia para interpretar os dados que são obtidos do perfil Fluid Capacitance e calcular a porcentagem de água que um ou vários reservatórios estão produzindo, através de um exercício de fluxo bifásico em função da capacitância. Este estudo se constituiu de uma revisão e consulta de livros e artigos em língua estrangeira. Foi observado que na literatura portuguesa não existem metodologias que mostrem a interpretação dos dados do perfil Fluid Capacitance. A contribuição deste trabalho foi mostrar uma metodologia simples de calculo para professionais da área que trabalham com este tipo de dados. Portanto, este estudo permitiu entender o princípio básico e o funcionamento da ferramenta de produção, onde, observa-se que apesar de uma grande porcentagem de água que o poço produz, ainda é viável economicamente continuar a produzir o mesmo, pois a vazão de óleo ainda é maior que a de água e através de métodos de recuperação pode-se diminuir essa porcentagem de água, assim aumentado à vazão de óleo.

Veja o artigo completo: PDF