Resumo Trabalho

AVALIAÇÃO DO POTENCIAL DE DEPOSIÇÃO ORGÂNICA EM OPERAÇÕES DE MISTURA DE PETRÓLEOS NO TANQUE DE ESTOCAGEM EM REFINARIAS DE PETRÓLEO

Autor(es): ROSBERGUER DE ALMEIDA CAMARGO, MAUREN COSTA DA SILVA, RAFAEL BELTRAME, DARCI ALBERTO GATTO e orientado por ANTÔNIO CARLOS DA SILVA RAMOS e orientado por ANTÔNIO CARLOS DA SILVA RAMOS

Frente aos inúmeros fatores econômicos e políticos que afetaram negativamente a capacidade financeira no setor petrolífero nos últimos anos, buscar neutralizar incertezas e otimizar processos se faz necessário. Portanto o presente trabalho visa avaliar o potencial de deposição orgânica nas operações de misturas de petróleos em Refinarias, construindo um melhor entendimento do fenômeno a fim de sustentar futuras medidas operacionais de mitigação da deposição orgânica que atinge toda a cadeia produtiva do petróleo. Como principal resultado, o estudo permitiu concluir que as operações de misturas de cargas com petróleos com baixo parâmetro de solubilidade contribuem substancialmente para formação e aumento das quantidades de borras no tanque pela precipitação de frações pesadas de petróleos. Através das análises experimentais realizadas na borra oriunda de tanque de estocagem de petróleo foi possível um melhor conhecimento da sua composição e de identificar frações que provocam a sua formação. Foi exposto que o principal conteúdo sólido da borra são sedimentos de origem inorgânica indicando contaminação do petróleo com fases aquosas.

Veja o artigo completo: PDF