Resumo Trabalho

METODOLOGIA PARA ASSENTAMENTO DE SAPATAS DE REVESTIMENTO, ESCOLHA DE PESO DE FLUIDO E TEMPO DE PERFURAÇÃO BASEADO NO MÉTODO DA JANELA OPERACIONAL

Autor(es): VICTÓRIA ALLES SANTANA DE JESUS, MARIA FERNANDA OLIVEIRA SANTOS, HARIEL UDI SANTANA MENDES e orientado por JOÃO PAULO LOBO DOS SANTOS e orientado por JOÃO PAULO LOBO DOS SANTOS

Constantemente a indústria petrolífera, em específico a área da construção de projetos de poços, encontra-se em grandes desafios. Um destes é a execução de um projeto com o menor custo, melhor tempo de operação, maior lucratividade e maior segurança tanto operacional quanto ambiental. Para que esses desafios sejam vencidos, há necessidade do estudo da área, dos dados de locação, da trajetória do poço, da determinação das geopressões. Além disso, os parâmetros como o assentamento das sapatas de revestimento, determinação do peso de fluido de perfuração, escolha do diâmetro dos revestimentos e das respectivas brocas, seleção do BOP adequado, são etapas que influenciam diretamente na otimização tanto do custo quanto do tempo de operação. Neste trabalho serão apresentados dois projetos de poço de desenvolvimento utilizando a metodologia baseada somente na janela operacional, sendo que o Projeto A utiliza margem de segurança de 0,5 lb/gal para o gradiente de poros e o Projeto B considera a margem de segurança tanto para o gradiente de poros quanto para o gradiente de fratura, com o objetivo de definir qual mais econômico através da estimativa do custo e do tempo de operação.

Veja o artigo completo: PDF