Resumo Trabalho

REMOÇÃO DE CÁDMIO, NÍQUEL E CHUMBO DA ÁGUA PRODUZIDA (PETROBRAS RN/CE) UTILIZANDO O MISTURADOR-DECANTADOR À INVERSÃO DE FASES (MDIF)

Autor(es): LETICIA RAFAELLE ARAUJO SABINO, MAYARA ESTEFANNY DANIEL CANUTO , DANRLEY DE SOUZA MOURA, SUELTON RICHARD BARBOSA PAULO e orientado por ANA KARLA COSTA DE OLIVEIRA e orientado por ANA KARLA COSTA DE OLIVEIRA

Entre os diversos efluentes gerados na indústria do petróleo, encontram-se as águas de produção Os quais são misturas complexas de materiais orgânicos e inorgânicos, suspensos e dissolvidos. Dentre os seus contaminantes encontram-se os metais pesados e o petróleo, cuja concentração, nestes efluentes, pode exceder os limites permissíveis pela legislação em vigor. Atualmente, vários estudos estão sendo realizados a fim de se obter uma utilização industrial mais nobre para os óleos vegetais. Diante disso utilizou-se o óleo de coco in natura misturado ao QAV para remoção de metais pesados e petróleo simultaneamente. Neste contexto, foi realizado um estudo sistemático da extração de metais pesados e petróleo verificando-se o comportamento de complexação fazendo uso do protótipo de Laboratório do Misturador-decantador à Inversão de Fases (MDIF) para tratar as águas de produção. As melhores porcentagens de eficiência de extração obtidas foram 83,5% para Cd, 77,0% para Pb, 65,5% para Ni e 84,0% para petróleo utilizando-se óleo de coco como extratante, considerando as condições operacionais melhores para a performance do MDIF.

Veja o artigo completo: PDF