Resumo Trabalho

UM ESTUDO SOBRE FUNÇÃO POROSIDADE DA REGIÃO DE COMPACTAÇÃO NO MOVIMENTO GRAVITACIONAL DE UMA SUSPENSÃO PARTICULADA EM PROVETA

Autor(es): HARIEL UDI SANTANA MENDES e orientado por ANTÔNIO SANTOS SILVA e orientado por ANTÔNIO SANTOS SILVA

O movimento de suspensões particuladas é um grande objeto de estudo nas diversas áreas da Engenharia. Diversas aplicações são encontradas para este estudo, como, por exemplo, no escoamento em meios porosos e na sedimentação. Neste trabalho, com base nos testes de proveta para a sedimentação gravitacional, consideram-se as regiões de sedimentação livre, de transição e de compactação, ocupadas pela suspensão durante o processo. Na região de compactação, a suspensão será modelada por um meio poroso com restrição de incompressibilidade que, sob certas condições, permite o estabelecimento de uma equação diferencial para a função porosidade. Com isso, formula-se um modelo matemático cuja solução fornece diretamente a função porosidade para a região de estudo. Na equação que define a função porosidade surgem parâmetros constantes que precisam ser determinados, os quais também aparecem nas equações que descrevem as alturas das interfaces superior descendente e inferior ascendente e a porosidade média da suspensão. Foram determinados resultados numéricos que mostraram que o comportamento da curva obtida para a interface superior ascendente e porosidade média com o tempo são compatíveis com formas da literatura.

Veja o artigo completo: PDF