Resumo Trabalho

ESTUDO COMPARATIVO ASSOCIADO AO FECHAMENTO DE POÇOS VERTICAIS COM INTERCALAÇÕES DE ROCHAS SALINAS

Autor(es): BRUNA LAYZ BARBOSA SANTOS e orientado por EDUARDO NOBRE LAGES e orientado por EDUARDO NOBRE LAGES

Este trabalho tem como objetivo estudar o erro associado à resposta do fechamento de poços verticais com intercalações de rochas salinas por meio de um modelo axissimétrico unidimensional (1D). Utilizam-se modelos mecânicos viscoelásticos para análise do problema de fechamento, baseado na formulação em deslocamento do Método dos Elementos Finitos. Análises bidimensionais axissimétricas do maciço são realizadas utilizando o software ABAQUS, tomadas como referência para o estudo proposto. O modelo 1D é utilizado para analisar determinadas profundidades de interesse, possuindo grande eficiência computacional por não considerar todo domínio do maciço. No entanto, tal abordagem está sujeita a erros elevados quando a profundidade de interesse está localizada na vizinhança de intercalações, que são mudanças de litologia ao longo da direção vertical do modelo. Esses erros ocorrem devido ao movimento relativo axial de uma litologia em relação à outra, visto que cada litologia possui comportamento viscoelástico distinto. Dessa forma, rochas salinas com o comportamentos viscosos mais distintos podem gerar uma região de influência ao se analisar o fechamento do poço. Essa região depende de fatores físicos diversos associados ao problema, a exemplo da espessura da litologia considerada. Dessa forma, apresenta-se um estudo da variação de erros associados à mudança na espessura da intercalação.

Veja o artigo completo: PDF