Resumo Trabalho

ESTUDO SOBRE COMPORTAMENTO DE UM RESERVATÓRIO PETROLÍFERO SUBMETIDO A INJEÇÃO DE ÁGUA NO POÇO

Autor(es): WESLEY ANDRADE SANTOS, CRISTIANE SOUZA TEODORO DOS SANTOS e orientado por CLÁUDIO BORBA e orientado por CLÁUDIO BORBA

Durante a produção do petróleo, a pressão do reservatório vai caindo, perdendo força para elevar naturalmente o fluido no poço. Sendo assim, é necessário ter outros métodos artificiais de recuperação, método secundário, para repor energia no reservatório, deixando o fluxo permanente e recuperando o máximo de óleo. Dentre os métodos secundários, a injeção de água é muito utilizada, com o objetivo fornecer pressão ao reservatório, deslocar o óleo existente no meio poroso para o poço e ocupar o espaço deixado por este. Este trabalho é feito por análise experimental, onde tratou-se de um problema de fluxo bifásico com curvas de fluxo fracionários para 2 casos diferentes, analisando as variáveis que influem no estudo do projeto de injeção. Atentou-se às relações entre mecanismo de injeção, permeabilidade relativa ao óleo e à água, razão de mobilidade para os dois casos, saturação dos fluidos, fator volume de formação, que influenciam nos resultados positivos da modelagem e no aumento da recuperação do petróleo, alcançado através de uma melhor distribuição de vazões de injeção de água.

Veja o artigo completo: PDF