Resumo Trabalho

INFLUÊNCIA DO FRACIONAMENTO DE PETRÓLEO POR SISTEMA PRESSURIZADO PARA A DETERMINAÇÃO DE ÁCIDOS NAFTÊNICOS POR GC/MS E GCXGC/TOF-MS

Autor(es): LISIANE DOS SANTOS FREITAS, ROBERTA MENEZES SANTOS, FLAVIANA CARDOSO DAMASCENO, JUCIARA DOS SANTOS NASCIMENTO e orientado por LISIANE DOS SANTOS FREITAS e orientado por LISIANE DOS SANTOS FREITAS

Neste trabalho foi avaliado o comportamento da distribuição de compostos ácidos naftênicos nas frações de resinas do petróleo, após o fracionamento em sistema pressurizado de (S) saturados, (A) aromáticos, (R) resinas e (A) asfaltenos. A separação foi realizada em sistema home made com pressão constante (1500 psi) para avaliar a influência do efeito do fluxo de solvente, tamanho da coluna, quantidades de solvente e polaridade do solvente na separação das frações. A extração de troca iônica é utilizada como alternativa para a extração dos ácidos naftênicos da fração de resinas. A análise de todas as condições experimentais foi realizada por GC/MS e a melhor condição analisada por GC×GC/TOF-MS. Os resultados mostraram que as variáveis como quantidade de adsorvente e quantidade de benzeno utilizado para a extração de compostos aromáticos têm influência na identificação de ácidos naftênicos no petróleo. A técnica de cromatografia bidimensional abrangente mostrou-se muito importante para a análise qualitativa de ácidos, contribuindo para a identificação de ácidos cíclicos e com dois anéis na estrutura.

Veja o artigo completo: PDF