Resumo Trabalho

GERAÇÃO HÍBRIDA NO BRASIL E SEUS OBSTÁCULOS DE EXPANSÃO

Autor(es): KARINE SANTANA DANTAS, VICTOR TELES VALOIS DE AMORIM, PAULO CÉSAR LOPES MENDES e orientado por PAULO ALEXANDRE SOUZA DA SILVA e orientado por PAULO ALEXANDRE SOUZA DA SILVA

O panorama mundial no que se refere a geração de energia está baseado, principalmente, em fontes de energia não renováveis, sendo a termelétrica a mais utilizada, por meio do gás natural, por exemplo. Porém, com o desenvolvimento de tecnologias de geração com menores impactos ambientais, há uma nova tendência dos países em diminuir emissões e entre essas inciativas está o incentivo a fontes de energia mais limpas. O Brasil é o país com maior participação de fontes renováveis do mundo e, em termos de geração de energia elétrica, o país possui cerca de 82% da sua geração baseada em fontes renováveis, sem, contudo, ter uma legislação que promova a regulação de centrais híbridas de geração. Essa é a razão principal para que fosse realizada esta pesquisa no sentido de explicitar a janela de oportunidade que se abre em nosso país para a construção de uma matriz energética ainda mais sustentável.

Veja o artigo completo: PDF