Resumo Trabalho

CARACTERIZAÇÃO DE CANA BRAVA PARA PRODUÇÃO DE ENERGIA

Autor(es): CAMILA RIBEIRO DE OLIVEIRA FÉLIX, LARISSA FONSECA TRIERWEILER, AROLDO FELIX DE AZEVEDO JÚNIOR , CAROLINA COSTA FREITAS e orientado por SORAIA TEIXEIRA BRANDÃO e orientado por SORAIA TEIXEIRA BRANDÃO

O presente estudo visa à caracterização da biomassa de Cana Brava, coletada em Ilha de Maré – BA para futura conversão em bio-óleo. A escolha do material foi reforçada pela disponibilidade do resíduo depositado na praia, além de lincar com um cunho social das comunidades quilombolas da região. O uso de fontes energéticas sustentáveis tem sido cada vez mais debatido entre as grandes potências mundiais devido à demanda global por energia e os desafios ambientais. Dentre as opções de energias sustentáveis já conhecidas, a ciência tem explorado a biomassa lignocelulósica para uma possível substituição das que utilizam fontes fósseis, pois a biomassa possue características químicas e físicas que permitem essa mudança. Os processos utilizados para a caracterização foram a Calorimetria Exploratória Diferencial (DSC) e a Análise Termogravimétrica (ATG) para analisar as regiões endotérmicas e exotérmicas, além do comportamento da perda de massa em função da temperatura, respectivamente. A caracterização das amostras é de suma importância, pois a partir desses dados torna-se possível o desenvolvimento de novos produtos com o máximo rendimento do material de acordo com suas propriedades.

Veja o artigo completo: PDF