Resumo Trabalho

REDUÇÃO DO TEOR DE ÓLEOS E GRAXAS DA ÁGUA PRODUZIDA UTILIZANDO MICROEMULSÃO

Autor(es): JÔSY SUYANE DE BRITO SOUZA, SUELEM SÁ DELA FONTE, GEORGE SIMONELLI e orientado por LUIZ CARLOS LOBATO DOS SANTOS e orientado por LUIZ CARLOS LOBATO DOS SANTOS

Água produzida (AP) é um efluente oriundo da extração de petróleo. Junto com o crescimento dessa exploração, há o aumento da preocupação ambiental dos órgãos responsáveis, especialmente em relação à qualidade das águas residuais descartadas deste tipo de atividade, que traz duas grandes problemáticas, sua composição, pois a mesma possui um alto teor de óleos e graxas (TOG), e seu volume expressivo. O presente trabalho teve como objetivo realizar o tratamento de água produzida sintética (APS) utilizando microemulsão formulada a partir de tensoativo de origem vegetal na redução do teor de óleos e graxas. O tratamento da APS foi realizado por meio da aplicação de microemulsão composta por sabão de coco, 2-butanol, óleo de pinho e água destilada, sob temperatura de 45 °C, tempo de contato de 60 minutos e com uma porcentagem mássica de 10% de microemulsão para 90% de APS. Com a aplicação da microemulsão obteve-se uma redução de 82,18% do TOG, com valor final de 28,45 mg/L. Considerando-se o resultado, pode-se afirmar que o tratamento se mostrou eficaz na redução do TOG quando comparado ao valor máximo para descarte no mar, estabelecido pelo CONAMA, que é de 29 mg/L mensais.

Veja o artigo completo: PDF