Resumo Trabalho

DESCRIÇÃO MICROSCÓPICA DE ASPECTOS DIAGENÉTICOS PRESENTES EM RESERVATÓRIOS LOCALIZADOS NA BACIA POTIGUAR

Autor(es): PAULO ERNESTO JULIÃO DE CERQUEIRA JÚNIOR e orientado por JAIRO RODRIGUES DE SOUZA e orientado por JAIRO RODRIGUES DE SOUZA

As lâminas delgadas consistem em uma preparação feita em laboratório de uma amostra de rocha para estudo em um microscópio petrográfico. Sendo assim, as ciências da Terra, especialmente a geologia, reconhecem o potencial informacional desse método e o utilizam com frequência a fim de se determinar, usando as propriedades ópticas dos minerais, diversos parâmetros diagenéticos das rochas, uma vez que a análise de lâminas delgadas fornece conteúdos consistentes, de alta importância e essenciais quanto à granulometria, mineralogia, porosidade, selecionamento e outras propriedades intrínsecas às rochas. Nesse sentido, o presente trabalho buscou analisar seções delgadas, que foram doadas pela empresa PARTEX-BRASIL, em microscópios petrográficos a fim de se compreender e observar aspectos diagenéticos existentes na Bacia Potiguar — bacia sedimentar situada na costa do estado do Rio Grande do Norte e nordeste do Ceará. Os resultados evidenciaram a presença de diversos indicadores de diagênese na forma de dobramento de cristais de mica, ocorrência de esmectita e pseudomatriz, presença de feldspato autigênico e poros secundários, levando, na maioria dos casos, à redução da quantidade de poros e do grau de permeabilidade das rochas estudadas.

Veja o artigo completo: PDF