Resumo Trabalho

ATIVIDADE EXPERIMENTAL COM MATERIAIS DE BAIXO CUSTO COMO AUXÍLIO PEDAGÓGICO NO ENSINO DE BIOLOGIA: UM RELATO DE EXPERIÊNCIA

AUTA PAULINA DA SILVA OLIVEIRA, ALEF NUNES DA SILVA e orientado por MÁRCIA ADELINO DA SILVA DIAS e orientado por MÁRCIA ADELINO DA SILVA DIAS

É de extrema importância o desenvolvimento de atividades experimentais para alunos da educação básica em diversas disciplinas. As atividades experimentais promovem maior interação entre os educandos e os docentes, podendo assim, ocorrer novos planejamentos e o desenvolvimento de novas estratégias que resultarão em uma maior assimilação dos conteúdos de ciências. A aproximação dos alunos ao ambiente comum de experimentação, o laboratório, é imprescindível para proporcionar um elo entre os conceitos científicos, modelos mentais e conhecimentos prévio dos alunos. Este trabalho objetiva abordar a experiência vivenciada em uma escola publica da cidade de Campina Grande, através do desenvolvimento de uma intervenção pedagógica que possibilitou uma atividade experimental em sala de aula com alunos do ensino médio a qual, promoveu maior associação dos conhecimentos abordados na disciplina biologia referente ao primeiro bimestre do ano letivo de 2016. Foi desenvolvida uma análise, através da observação, constatando que a docente não desenvolve aulas experimentais. Posteriormente ocorreu desenvolvimento da intervenção pedagógica usando materiais de baixo custo para a prática experimental. Para a atividade foram usados os seguintes materiais: prato de vidro (uma grande e um pequeno), copo de vidro, vela, copos descartáveis, fósforo, colher, areia, água e garrafa pet. Foram desenvolvidos quatro experimentos. A demonstração dos experimentos comprovam que é possível o desenvolvimento de atividades experimentais, mesmo na ausência de um laboratório de ciências. Porém é mais conveniente e prático o uso das aulas teóricas expositivas pelos docentes de Ciências e Biologia. A partir do desenvolvimento de uma atividade experimental com alunos do primeiro ano do ensino médio de uma escola pública de Campina Grande, pode-se constatar que estes não participam de práticas experimentais com frequência e que este tipo de atividade é bastante atrativo, pois possibilita o envolvimento e o surgimento de questionamentos pelos alunos, contribuindo para uma prática interativa.

Veja o artigo completo: PDF