Resumo Trabalho

A TECNOLOGIA E O ENSINO DE LÍNGUA INGLESA NA EDUCAÇÃO DE JOVENS E ADULTOS- EJA.

AMÓS SANTOS SILVA e orientado por MARTA LÚCIA DE SOUZA CELINO e orientado por MARTA LÚCIA DE SOUZA CELINO

O ensino de Língua Inglesa, quando está sincronizado com a realidade social do aluno, facilita a inserção dos discentes às práticas sociais em que exigem conhecimento de língua estrangeira. A inserção dos gêneros textuais e digitais têm ganhado espaço nas orientações pedagógicas sugeridas em documentos oficiais como nas Orientações Curriculares para o Ensino Médio - OCEM (BRASIL, 2006) e nos Parâmetros Curriculares Nacionais – PCN (BRASIL, 1998). Investidos dessa teorização focamos nosso trabalho na inserção de gêneros textuais digitais na Educação de Jovens e Adultos – EJA. Assim, o objetivo geral da nossa pesquisa foi analisar uma experiência de ensino (estágio) focada no uso de uma sequência didática, junto a estudantes da EJA, de uma escola pública de Campina Grande. Como objetivos específicos, buscamos analisar as dificuldades na leitura dos textos de língua inglesa, em especial os que circulam do meio virtual, por parte dos discentes e intervir com a sequência didática, buscando minimizar as dificuldades de leitura. Para isso, abordamos os resultados de algumas atividades realizadas através da sequência didática e analisamos as possíveis progressões da habilidade de leitura dos discentes. Nossa sequência foi desenvolvida através do estágio supervisionado II, que aconteceu na Escola Municipal de Ensino Fundamental Lions Prata, na Cidade de Campina Grande-PB. Nossas aulas foram desenvolvidas na turma do 6º ano, modalidade EJA. Como subsídio teórico, além dos documentos oficiais citados nos respaldamos em autores como Freire (1989) Holden (2009), Marcuschi (2004/2008), entre outros

Veja o artigo completo: PDF