Resumo Trabalho

CARTAS NA HISTÓRIA: VINCULANDO ENSINO DE HISTÓRIA E PRODUÇÃO TEXTUAL

RAFAEL DA SILVA ABREU, AURICÉLIA LOPES PEREIRA

Neste trabalho, apresentamos um relato de experiência pedagógica, ocorrida neste ano letivo, na Escola Estadual de Ensino Fundamental e Médio Solon de Lucena, na cidade de Campina Grande/PB. As atividades aconteceram a partir de oficinas de produções textuais realizadas pelo Programa Institucional de Bolsa de Iniciação à Docência (PIBID) da Universidade Estadual da Paraíba (UEPB), subprojeto de História. Optamos pelo gênero textual das cartas, acreditamos que seja um diferencial devido a sua capacidade de carregar sensibilidades e subjetividades, além de contribuir para a leitura e escrita. Percebemos que as cartas, mesmo em desuso, despertou o interesse na escrita dos educandos. Atividades interdisciplinares são importantes para ampliar as discussões e criar uma rede de interações entre as disciplinas e promove uma educação mais dinâmica e significativa. As oficinas foram realizadas, em sala de aula, em que realizamos as orientações sobre a estrutura básica das cartas, para que, na sequência ocorressem, as produções escritas autorais, sendo muito importante colocar o estudantes em uma posição protagonista na sua aprendizagem. Sua criatividade foi explorada aliada ao conhecimento histórico aprendido. Partimos de uma premissa construtivista do ensino-aprendizagem, na medida em que propomos produções autorais para os educandos com perfil histórico. Aqui apresentamos e analisamos três cartas sobre os seguintes temas: Segunda Guerra Mundial, Guerra de Canudos e Revolta da Vacina. Nelas, podemos perceber as diferentes representações e construções narrativas, bem como sua relação com o contexto histórico. Estas oficinas, assim como a experiência do PIBID, são momentos importantes para a formação dos bolsistas, de aprendizagem para o educando e de uma constante autorreflexão da prática pedagógica do supervisor.

Veja o artigo completo: PDF