Resumo Trabalho

ENSINO DE JOVENS E ADULTOS: CONTRAPARTIDAS NA SALA DE AULA

DANRLEY BRENO DA SILVA CARDOSO, OSIOLANY DA SILVA CAVALCANTI

Na sociedade contemporânea, com o analfabetismo e os baixos índices de escolarização da população, jovens e adultos da zona rural tem menos formação em educação forma que a população urbana. O EJA avançou muito em questão de politicas publicas, mas ainda restam muitas lacunas. O professor assume um papel fundamental no processo de alfabetização dos jovens e adultos. A importância da formação continuada é fundamental para que o professor seja capaz de lidar com as diversidades da sala de aula. Ao efetuar a pesquisa, observando e entrevistando os professores, foram reveladas inúmeras destas dificuldades, a baixa frequência dos alunos foi a mais exposta pelos professores. Os alunos da EJA tem um perfil diferenciado, na maioria das vezes é o aluno que trabalha durante o dia e estuda durante a noite, chegando cansado no ambiente escolar. O método do professor tem que ser compatível com a realidade do educando, pois o material disponibilizado não condiz com a realidade, restando para o professor buscar material que seja aplicável na sala de aula de EJA. O educador deve buscar sempre um dialogo com o educando, pois o aluno da EJA já traz consigo uma grande carga de saberes que deve ser administrada pelo educador, buscando usar esses saberes para facilitar a alfabetização do educando. Para ter uma boa atuação na sala de aula de EJA o professor deve sempre se aprimorar, buscando a formação continuada para saber administrar seu tempo em sala e se planejar de maneira mais eficiente atingindo assim o seu melhor desempenho.

Veja o artigo completo: PDF