Resumo Trabalho

CONTRIBUIÇÕES DA ABORDAGEM INDUTIVA NO ENSINO DE LI: UMA EXPERIÊNCIA NO CONTEXTO DO ENSINO MÉDIO EM ESCOLA PÚBLICA

LUIZ EDUARDO SANTOS DA SILVA, AMANDA PEREIRA DE ARAÚJO MARINHO, GABRIELY CRISTINA QUEIROGA DINIZ, CELSO JOSE DE LIMA JUNIOR

Na conjuntura do ensino tradicional, percebe-se que a prática do professor, na maioria das vezes, ainda se baseia no ensino de maneira dedutiva, ou seja, aquele em que apenas a gramática é apresentada e por meio dela são desenvolvidas as atividades que tornam o aluno um sujeito passivo durante as aulas. Em oposição a esta proposta de ensino existe a abordagem indutiva, que possibilita ao aluno construir sua própria compreensão do conteúdo ministrado e faz com que ele participe de maneira ativa na construção do conhecimento. Diante desta realidade, este trabalho tem como objetivo investigar a importância da abordagem indutiva no processo aprendizagem da LE e do desenvolvimento do professor em processo de formação inicial. Os dados de nossa pesquisa foram coletados na escola E.E.E.F.M. Everaldo Agra, com estudantes do ensino médio. Nossa análise terá como base o uso da abordagem indutiva da gramática de Língua Inglesa no processo de formação desse professor em formação inicial. Os envolvidos na pesquisa são bolsistas ativos do subprojeto de Letras-Inglês do Programa Institucional de Bolsas de Iniciação à Docência (PIBID) da Universidade Estadual da Paraíba. Para o suporte a produção desta pesquisa, são usados como aporte teórico sobre a abordagem indutiva: Celce-Murcia (2001), Ke (2008), Moura (2014) e Costa (2014). Por conseguinte, podemos indicar que a abordagem indutiva desvelou um raciocínio maior, mais elaborado e consciente por parte dos alunos, além de ânimo para o professor em formação inicial que aspirava por aulas interativas e proveitosas.

Veja o artigo completo: PDF