Resumo Trabalho

A INDUSTRIALIZAÇÃO NO CONTEXTO ESCOLAR NO ENSINO DA GEOGRAFIA A PARTIR DO SUBPROJETO PIBIDUEPB.

JOSILÂNDIA EVARISTO DOS SANTOS ARAÚJO, GIUSEPP CASSIMIRO DA SILVA e orientado por JOSANDRA ARAÚJO BARRETO DE MELO e orientado por JOSANDRA ARAÚJO BARRETO DE MELO

Diante das análises e mudanças que ocorrem no espaço geográfico decorrentes da Globalização, torna-se necessário trabalhar na escola conteúdos que abordem e caracterizem a evolução econômica, social e cultural da sociedade, bem como o processo de industrialização no Brasil. No entanto, o presente artigo tem por objetivo apresentar algumas atividades para nortear o trabalho docente no ensino da Geografia, na tentativa de unir teoria e prática, para uma melhor assimilação dos conteúdos. Sendo assim, buscando novas temáticas para a melhoria do ensino aprendizagem na Geografia, no que concernem as reflexões e análises acerca da industrialização a partir das atividades desenvolvidas no âmbito do Subprojeto Geografia/PIBID/UEPB, em turma de 2º ano do Ensino Médio da Escola Estadual São Sebastião, Campina Grande, PB. Entretanto, foram feito levantamentos bibliográficos acerca da história e desconcentração e concentração da industrialização no Brasil, além de pesquisa realizada em livros didáticos do Ensino Médio, nos Conteúdos Básicos Comuns (CBC). Despertando o interesse dos discentes pela temática partindo das observações do contexto da sociedade, bem como da presença dessa industrialização no cotidiano dos mesmos, com isso tentando levá-los há compreender um pouco mais acerca da Geografia escolar, assim como dinamizar as aulas desse componente, fazendo a intermediação entre o global e o local. O trabalho foi desenvolvido utilizando-se das técnicas da pesquisa-ação, materializadas através do desenvolvimento de um projeto de intervenção didático-pedagógico, tratando da temática Industrialização no contexto escolar no Ensino da Geografia, dessa forma dinamizando as práticas de ensino, tentando minimizar alguns aspectos tradicionalistas presentes no contexto de sala de aula, para tal, contribuir de forma significativa para a formação docente, bem como para formar cidadãos integrantes e atuantes no espaço em que estão inseridos.

Veja o artigo completo: PDF