Resumo Trabalho

O GÊNERO “CHAT” COMO ESTRATÉGIA DE ENSINO DE LÍNGUA INGLESA

JÉSSICA FREITAS DE SOUSA, JOSÉ CRISTOVÃO MAIA LUCENA MARREIRO, CRISTIANY ALBUQUERQUE LIRA

Com o crescimento das mídias digitas e o fácil acesso por parte dos discentes, este trabalho tem como foco principal o uso do gênero textual “Chat” no contexto escolar e, principalmente, na aquisição da Língua Inglesa, doravante (L2). Sendo assim, aulas foram contextualizadas e primordialmente utilizamos o gênero em questão através de uma sequência didática realizada em duas vertentes, sendo elas digital e escrita, embasadas no aplicativo para celular “WhatsApp”, tornando mais fácil a comunicação entre professor-aluno e dando-nos meios mais eficazes de identificar quaisquer dificuldades na produção de sentidos dos alunos. Ainda assim, tratamos este artigo como relato de experiência, sendo os mediadores desse processo de ensino-aprendizagem alunos de graduação e participantes efetivos do Programa Institucional de Bolsas de Iniciação à Docência (PIBID). Com base na SD, introduziu-se primeiramente o conceito de gêneros textuais em uma turma do ensino médio na modalidade Ensino de Jovens e Adultos (EJA) e a sua eficácia no que se refere à aquisição de uma língua estrangeira, dando-lhes possibilidades de aprendizagem diferenciada e ainda aumentando o interesse no idioma em questão. Sendo assim, a sequência didática foi realizada em quatro aulas, dividida entre introdução do tema alvo e elaboração de atividade; módulo um, o qual se refere à atividade aplicada; módulo dois, referindo-se à finalização do primeiro módulo e execução de nova atividade proposta; elaboração final, onde pudemos usar a teoria integrada na prática, através do gênero textual e o aplicativo para celular. Após todas essas etapas, o uso do gênero supracitado mostrou-se eficiente por parte dos alunos no que se refere à procura por novos vocábulos, interacionismo do grupo e busca por conhecimentos na língua alvo.

Veja o artigo completo: PDF