Resumo Trabalho

O LUGAR DAS POPULAÇÕES INDÍGENAS NAS ABORDAGENS DIDÁTICAS: CAMINHOS PARA A FORMAÇÃO DOCENTE

ISRAEL DOS SANTOS SILVA, LUCICLEIDE FERREIRA PESSOA, SEVERINA GOMES, MARIA DE FÁTIMA AMANCIO DOS SANTOS e orientado por JOÃO BATISTA GONÇALVES BUENO e orientado por JOÃO BATISTA GONÇALVES BUENO

Este trabalho foi elaborado por alunos bolsistas do Programa Institucional de Bolsa e Iniciação à Docência (PIBID) e professores da rede estadual de ensino que atuam nas Escolas de Ensino Fundamental e Médio da cidade de Guarabira com a ajuda de um professor de Estágio e pesquisador da Universidade Estadual da Paraíba especificamente do Campus III – Guarabira, que traz percepções e justificativas a partir de discussões e questões pertinentes ao ensino de História com relação as abordagens sobre os povos indígenas emitidas nos livros didáticos do ensino básico. Sabemos que os conteúdos postos nos livros são elaborados de forma resumida deixando lacunas e silêncios para a formação dos alunos e o trabalho do professor, esse último, em muitos casos não consegue desenvolver uma abordagem mais aprofundada das problemáticas relacionadas aos povos indígenas e nesse sentido as discussões a respeito desse assunto são realizadas de forma superficial e deficiente. Em torno dessas questões nos preocupamos em analisar alguns livros didáticos e selecionamos as partes que tratam dos povos indígenas e realizamos uma comparação com livros paradidáticos para mostrar o quanto os livros escolares se apresentam de forma resumida, e a partir disso traçar planos para que o público docente atuante em sala de aula e aqueles que ainda estão em formação saibam trabalhar assuntos referentes aos povos nativos mesmo com um material defasado e com poucas informações. Propomos que o docente perceba essas questões e se adéque para que a relação ensino-aprendizagem seja realizada da melhor forma em sala de aula.

Veja o artigo completo: PDF