Resumo Trabalho

ESTRATÉGIAS PEDAGÓGICAS PARA O ENSINO DA EDUCAÇÃO FÍSICA VIVENCIADAS NO PIBID/EDUCAÇÃO FÍSICA-UEPB RELATO DE EXPERIÊNCIA

ANTONIO CARLOS PEREIRA DA SILVA, LORENA DE LIMA, GUSTAVO IGOR MENEZES MENDES, KAMILA HAYLA DE ALMEIDA SILVA e orientado por MARIA GORETTI DA CUNHA LISBOA e orientado por MARIA GORETTI DA CUNHA LISBOA

As estratégias pedagógicas são de suma importância na construção do conhecimento. Assim, é necessário que o professor realize um planejamento bem elaborado para que os objetivos traçados sejam alcançados. Na escola a Educação Física tem um papel de relevância, onde alcança o aluno como um ser integral. O professor também tem como ferramentas aliadas, a utilização de vários recursos para atingir seus objetivos de acordo com os conteúdos planejados e trabalhados durante o período letivo. Os conteúdos Brincadeiras e Jogos e Esportes devem ser trabalhados de forma adequada e de acordo com a realidade que se encontra na escola, podendo vir a se tornar fortes referências do professor no momento de construção do conhecimento. Enfatizar atividades que trabalhem os jogos populares facilita o processo de aprendizagem e há maior aceitação, se tornando um viés importante, ligando o aluno ao professor e envolvendo o aluno por já ter vivência histórica, prática e social das atividades. O professor de Educação Física busca, através de seus métodos de ensino, fazer com que seu alunado construa a melhorar suas relações sociais e afetivas, o seu desenvolvimento cognitivo e motor, durante o período de aprendizagem escolar, ampliando-se para a vida extra e pós-escolar. Durante o período letivo de 2016 nossas atividades do PIBID na escola, pudemos observar que a ferramenta lúdica usada como um dos métodos de aprendizagem é bastante eficaz, tendo em vista que chegamos à conclusão de que os alunos se envolveram e aprenderam muito mais com a forma lúdica de ensinar, já com o conteúdo esportes, utilizamos os fundamentos, regras, ética das mais simples abordagens às mais complexas, possibilitando ao alunado uma vivência crítica e construtiva dos conteúdos, além de ensinar e fazê-los compreender e valorizar a importância da cooperação, respeito as regras, aos colegas/companheiros e principalmente a prática do esporte sem ter a competitividade como prioridade, mas como necessidade para sobrevivência em sociedade.

Veja o artigo completo: PDF