Resumo Trabalho

O USO DAS ATIVIDADES LÚDICAS COMO INSTRUMENTO FACILITADOR NO ENSINO DE GEOGRAFIA.

JAQUELINE MALAQUIAS FLOR, TATIANA OLIVEIRA RAMOS, GIUSEPP CASSIMIRO DA SILVA e orientado por JOSANDRA ARAÚJO BARRETO DE MELO e orientado por JOSANDRA ARAÚJO BARRETO DE MELO

O presente artigo apresenta o projeto de intervenção desenvolvido no âmbito do Subprojeto Geografia/ PIBID/UEPB, na Escola Estadual São Sebastião, localizada na cidade de Campina Grande-PB, na turma do 1° A do Ensino Médio, a partir da utilização da atividade lúdica: a cruzadinha, o caça palavras, e a construção das camadas da atmosfera com intuito de aprimorar a compreensão dos conteúdos de Geografia. A cruzada produzida para esse fim fez uma abordagem sobre o conteúdo intitulado: Terra estrutura geológica e os agentes formadores e modeladores do relevo, já o caça palavras foi abordado o conteúdo: Litosfera: evolução geológica da Terra e por fim a construção de camadas da atmosfera utilizou como abordagem no tema: A atmosfera e as mudanças climáticas com intuito de propor aos discentes melhores assimilação do conteúdo supracitado. O uso de atividades lúdicas em sala de aula é considerado nos dias atuais uma ferramenta que instiga, motiva e desperta no aluno o interesse, sendo este um recurso didático eficaz para o aprendizado de tais conceitos. O objetivo geral deste projeto é propor através do subsídio dessas ferramentas, como um recurso didático de mediação de conteúdos de Geografia dentro do ambiente escolar, levando em conta o desenvolvimento das competências e habilidades cognitivas na ciência geográfica. Foram utilizadas como metodologia as pesquisas bibliográficas como subsídio que permitiu no desenvolvimento das intervenções propostas. As atividades desenvolvidas surtiram resultados positivos diante das dificuldades observadas em assimilar tal conteúdo de forma somente dialogada e expositiva, visto que a utilização do docente de outros recursos didáticos buscando correlacionar o lúdico a função educativa, auxiliando no processo ensino aprendizagem

Veja o artigo completo: PDF