Resumo Trabalho

A LUTA PELA IGUALDADE DE DIREITOS E O COMBATE VIOLNCIA CONTRA A MULHER PELO PRISMA DE UM COLETIVO FEMINISTA

Autor(es): FRANCILI ARLT LOPES, VERNICA GESSER

A violncia contra a mulher uma realidade que se apresenta h muito tempo, nas mais diversas situaes e nos mais diversos contextos. Isso se deve construo social da posio submissa da mulher, que determina ao homem o papel de dominador, conduzindo muitos deles a agirem de maneira violenta em relao s mulheres quando contrariados em sua autoridade, exacerbando com isso a violncia de gnero. Portanto, a violncia sofrida pela condio de ser mulher, sem distino de raa, classe social, religio, idade ou qualquer outra condio, produto de um sistema social que subordina o sexo feminino, o que torna perceptvel as desigualdades sociais e econmicas existentes entre homens e mulheres. Ante o exposto, pretendemos com esta pesquisa, evidenciar algumas das atividades desenvolvidas pelo Coletivo Feminista Mais que Amlias das cidades gmeas de Unio da Vitria PR e Porto Unio SC. Um grupo constitudo por homens e mulheres que lutam pela igualdade de gnero e pelo fim da violncia contra a mulher seja ela fsica, verbal ou psicolgica. O coletivo emergiu devido aos dados alarmantes da incidncia de prticas de violncia contra a mulher, no qual o Paran ocupa um lugar de destaque. Constatamos que o coletivo visa promoo de aes afirmativas pela igualdade de gnero, promovendo aes de combate violncia contra as mulheres, em espaos escolares e no escolares. Tais aes se configuram em palestras a convite de Secretarias Municipais de Sade, Educao e Ao social, bem como, cursos, palestras, oficinas e intervenes culturais.

Veja o artigo completo: PDF