Resumo Trabalho

GROTESCO DESEJO: A PORNIFICAO DO MONSTRO EM ANIMAES DIGITAIS COMPARTILHADAS NA REDE

Autor(es): ALEXANDRE EUSTQUIO TEIXEIRA

O objetivo desse trabalho analisar como o corpo monstruoso fabricado e investido de erotismo em animaes pornogrficas que so contemporaneamente compartilhadas, de forma gratuita, em diversos sites na rede mundial de computadores. Esses filmes de animao constituem um subgnero especfico dentro do mercado pornogrfico hard core e tm se expandido consideravelmente nos ltimos anos graas ao avano das tcnicas e o ambiente colaborativo da web 2.0. Por meio de uma abordagem etnogrfica na e atravs da internet, assumindo a posio de pesquisador-audincia, ou pesquisador-voyer, foram selecionadas e analisadas 49 animaes de diferentes estticas, durao, narrativas e origens. As anlises empreendidas desvelam alguns mecanismos estticos, narrativos e de linguagem das animaes pesquisadas, que operam na interseco entre a conveno e a inovao do erotismo, atualizando registros de mercado consolidados ao longo das ltimas dcadas do sculo XX pela pornografia flmica mainstream. Entre esses mecanismos podem ser destacados as dilataes e as deformaes corporais durante as penetraes, o uso de imagens internas e transparncias dos corpos, o gozo abundante e no explcito do monstro para as cmeras, e de estruturas narrativas nas quais a violncia recurso frequente. Esse trabalho se insere em uma pesquisa mais ampla de doutoramento, apresentada e defendida no programa de Ps-Graduao em Cincias Sociais da PUC Minas, em 2017, e permitiu refletir sobre a operao dos dispositivos contemporneos da sexualidade, e como estes se constituem na tenso entre pblico e privado, produo e consumo, global e local, conveno e inveno, desejado e indesejado, permitido e interditado, humano e objeto, grotesco e humano, masculino e feminino, prazer e perigo. Tambm forneceu pistas sobre o espraiamento de uma esttica dos excessos e do excesso dessa esttica para alm do universo porn, que atualiza e diversifica a noo moderna de monstro e o inscreve definitivamente e de forma dinmica, no campo ertico.

Veja o artigo completo: PDF