Resumo Trabalho

A SUBVERSO COMO ARGUMENTO E COMO PRTICA DA SEXUALIDADE GNERO, CORPO E TEORIA QUEER

Autor(es): REGINA TRINDADE LOPES, ANA MARIA PEREIRA

O objetivo deste artigo percorrer os caminhos que fundamentam o nosso imaginrio sobre uma sexualidade normatizada e que para ser compreendida exige articulao com a questo de gnero e com as abordagens que reivindicam espaos antes obscurecidos por um discurso que interdita e silencia o que tentamos denominar por sexo/sexualidade/corpo categorias analticas colonizadas pela categoria gnero. Para tanto, dialogamos com a teoria foucaultiana atravs dos discursos e da construo das linguagens enquanto metfora do poder. Subverter os argumentos antes normalizadores requer uma imerso em terrenos movedioes dos arranjos lingusticos que conformam a ordem compulsria da heteronormatividade e do discurso tecnocapitalista.

Veja o artigo completo: PDF