Resumo Trabalho

GNERO E SEXUALIDADES: INVESTIGANDO A CONCEPO DE PSICLOGAS(OS)

Autor(es): RAYANE RIBAS MARTUCHI e orientado por TICIANA PAIVA DE VASCONCELOS e orientado por TICIANA PAIVA DE VASCONCELOS

Este trabalho teve por objetivo investigar as concepes de profissionais de psicologia sobre a temtica de sexualidades e gnero. Realizou-se entrevista semi-estruturada para a coleta de dados e o mtodo utilizado foi a Anlise de Contedo para categorizao dos resultados. Participaram deste estudo quatro psiclogas(os) residentes na regio de Campinas - SP. Os resultados sobre gnero apontam para os seguintes elementos: identificao em relao a si mesmo e reconhecimento dos outros; complexidade; expectativas familiares e sociais; relaes de poder; conflito e confluncia de aspectos biolgicos e culturais. Quanto sexualidade, os elementos emergentes das falas das(os) participantes apontaram para a sexualidade como o exerccio do desejo sexual e afetivo; forma de se relacionar consigo mesmo e com o mundo; acrscimo de imposies sociais e familiares e postura essencialista observado em dados trechos ao apontarem a sexualidade como construto hora fluido, hora norteado. As(os) psiclogas(os) entrevistados vislumbram a relao entre gnero e sexualidade, sendo recorrente a confuso entre as esferas do desejo, no campo do direcionamento da afetividade para com o outro; e identidade, ligado s esferas de masculino e feminino. Embora observado o posicionamento de aceitao e acolhimento, ainda assim, as(os) entrevistadas(os) demonstraram perspectiva heteronormativa quanto sexualidade; e o construto gnero suscitou reflexo apenas pela inverso norma. Conclui-se sobre a necessidade de pesquisas e aprofundamento dos temas de gnero e sexualidade durante a formao do profissional de psicologia, igualmente a formao continuada para as(os) psiclogas(os) das diversas reas para melhor compreenso e atuao diante de demandas da atualidade.

Veja o artigo completo: PDF