Resumo Trabalho

DE MARIA DA A BONITA: A DONA DO REI DO CANGAO.

Autor(es): IRIO JOS DO NASCIMENTO GERMANO JNIOR e orientado por MARIA EDILEUZA DA COSTA e orientado por MARIA EDILEUZA DA COSTA

Este trabalho objetiva analisar a personagem Maria Da/Bonita com foco na construo da identidade feminina na pea literria Lampio, de Rachel de Queiroz. Buscar-se-, para a interpretao da obra, estudar a identidade, questes de gnero e o feminino. A histria ocorre, de maneira incipiente, com a protagonista supracitada que aps aceitar um convite do rei do cangao, abandona os filhos e o esposo para segui-lo. Em primeiro momento no consegue mais se enxergar como mulher que tem a obrigao de cuidar de seus filhos/marido. Destarte, Maria Da deixa este nome e ganha um codinome entre o grupo de jagunos, e passa a ser chamada de Maria Bonita. Aps isso, um novo olhar analtico imerge-se, j que identidades se intercruzam. Alm do mais, as concepes ideologizadas influenciam subjetivamente o gnero a partir de uma perspectiva sociocultural. Vale ressaltar, que o gnero feminino tanto no limiar histrico quanto no teatro fictcio cogita de uma herana cultural de inferioridade. Toda essa construo (sociocultural) e desconstruo da personalidade feminina que tenta fugir dos paradigmas fixos na obra, acaba por resultar em um enlaado de padres e despadres que Maria tende a revelar. Sendo assim, destaca-se que a esposa, pacata, com filhos e inferiorizada, altera sua imagem patriarcal, inclusa no lar. Isso corrobora para uma desaquertipao. Maria uma mulher desenraizada em sua forma de pensar/agir, porm ainda permanece a merc do seu cangaceiro. O enredo apresenta uma perspectiva da personagem fragmentada, com hbitos e aes que tomam forma dspar de um gnero essencialmente dominado, no decorrer da obra. Assim, os estudos neste entendimento transmitem uma imagem social intercruzada por meio de uma produo literria que confronta a cultura privada da mulher/personagem. Para pertinncia do exposto, necessrio residir informaes contextualizadas a partir das aes da personagem. Este trabalho um convite a conhecer a figura de Maria Da/Bonita pela tica de Racheliana.

Veja o artigo completo: PDF