Resumo Trabalho

A CULTURA DO CIME: TEMPERO ESSENCIAL AO AMOR?

Autor(es): DIANA MARIA DA SILVA SOUSA

Resumo: O cime pode ser entendido como um conjunto de reaes frente ameaa de um rival (real ou no) a um relacionamento importante. Esta definio faz referncia ao contexto geral das distintas relaes humanas, e quando se trata especificamente aos casais, o cime passa a ser denominado como cime romntico, sendo necessrio para manuteno das relaes amorosas, pois, passa a ser entendido como a prova da existncia do amor. Com isso, o objeto deste trabalho o cime como um fenmeno presente em distintas culturas, e sua funo na relao. O objetivo geral compreender como o cime se apresenta nas relaes amorosas. O referido estudo foi constitudo com base em um levantamento bibliogrfico de autores que permitiram uma anlise da temtica, valorizando conceitos, ideias principais, a problemtica da pesquisa e seu objetivo. Portanto foi possvel compreender que o cime muitas vezes classificado em cime normal ou romntico - no patolgico que descrito como um conjunto de crenas flexveis sobre a existncia de um rival ao relacionamento amoroso e sobre a possibilidade de infidelidade do parceiro, e o cime patolgico que descrito como um transtorno psiquitrico em que o paciente apresenta delrios de infidelidade e o desencadeamento de emoes extremas, como raiva e insegurana, e a manifestao de comportamentos agressivos e violentos, assim como comportamentos de investigao. Palavras-chave: Cime; Cime Romntico; Cime Patolgico; Relaes Amorosas.

Veja o artigo completo: PDF