Resumo Trabalho

DIREITOS REPRODUTIVOS E SADE DA MULHER EM TEMPOS DE ZIKA VRUS

Autor(es): SIMONE ALVES DA CRUZ e orientado por CARROLINA BARRETO BRAGA e orientado por CARROLINA BARRETO BRAGA

O presente artigo tem por objetivo apresentar, discutir e avaliar as anlises atemporais dos direitos reprodutivos e da sade das mulheres no contexto da trplice epidemia do ZIKA vrus no Brasil. Tais anlises foram obtidas atravs da observao de discurses realizadas por pesquisadores e doutores da rea mdica e cientfica, influentes na promoo a sade reprodutiva, esta em consonncia s doenas relacionadas epidemia do ZIKA vrus. Em uma abordagem de cunho qualitativo, so apontados resultados preliminares de pesquisa destinada ao Artigo Cientfico, sendo esta realizada no segundo semestre de 2016, a partir das abordagens tcnicas elaboradas da 3 Sala de Situao do ZIKA vrus, que ocorreu em Braslia-DF, na Casa da ONU, em julho de 2016. Na mesma destaca-se a ausncia do Estado Brasileiro em assegurar sade reprodutiva para a populao feminina no Brasil em tempos de ZIKA vrus, tendo em vista os aspectos relevantes a ser considerada com a principal vertente a Poltica Nacional de Ateno Integral a Sade da Mulher (2004-2007). Para alm da relevncia das anlises tericas dos recortes temporais da epidemia do ZIKA vrus, indispensvel o dilogo do pleno exerccio da justia reprodutiva das mulheres no Brasil, mediante ao conceito de subalternidade pr-estabelecida pelo sistema patriarcal e da gnese da interseccionalidade de raa, gnero e classe social. Trata-se do reconhecimento de diferentes esferas de pensamento crtico que determina as relaes sociais polticas dos indivduos no mbito da teologia, sociologia e filosofia. Portanto, pertinente estreitar os laos em um dilogo amistoso com ativistas pelos direitos sexuais e direitos reprodutivos das mulheres, atuantes no cenrio da trplice epidemia do ZIKA vrusApresentam-se ainda as questes de opresso e submisso da populao negra, tendo em vista o racismo estruturante das relaes sociais constitudas no Brasil.

Veja o artigo completo: PDF