Resumo Trabalho

A UNIVERSIDADE COMO TERRITRIO DE RESISTNCIA E CONQUISTAS DAS MULHERES: TRAJETRIAS SOCIOESPACIAIS DAS ESTUDANTES COTISTAS NO ENSINO SUPERIOR

Autor(es): GRAZIELLY DOS SANTOS GERMANO e orientado por KNIA GONALVES COSTA e orientado por KNIA GONALVES COSTA

A universidade enquanto territrio compreendida como um espao de subjetividades, individuais e coletivas, onde manifestam-se as contraposies hegemnicas e dominantes historicamente construdas, tornando-se cenrio de resistncias, dentre as quais, as mulheres enquanto grupo social minoritrio enfrentam cotidianamente no ensino superior. Tendo em vista essa perspectiva, esse estudo buscou compreender empiricamente as dificuldades vivenciadas pelas estudantes cotistas na Universidade Federal do Tocantins, para isso foi realizada uma discusso terico-metodolgica e interdisciplinar, pautada nos estudos de gnero sob uma perspectiva interseccional com o propsito de articul-las s trajetrias socioespaciais dessas estudantes. Observou-se que as mulheres estudantes cotistas, mulheres negras, mulheres quilombolas, mulheres indgenas e mulheres pobres enfrentam muitos obstculos para finalizar os cursos na graduao, dificuldades aliceradas culturalmente por meio das relaes de poder que envolvem questes de gnero, tnicas raciais e classe.

Veja o artigo completo: PDF