Resumo Trabalho

MULHER NEGRA E A ESCRAVIDO: ENTRE DILEMAS E DESAFIOS

Autor(es): JOSIANE MENDES DE QUEIROZ

Este trabalho versa sobre a herana da escravido deixada a mulher negra e as implicaes (re)estrutradas no sistema capitalista que tem na sua base a desigualdade faz com que nessa reproduo cotidiana se naturalize opresses, violncias e a subalternizao de uma raa: a raa negra. A abordagem preterida crtico-dialtica por entender que preciso acompanhar o movimento do objeto apreendendo a totalidade em que ele est inserido. Desta forma quando nos referimos a uma pirmide das relaes de poder o individuo que sofre mais com a explorao sem duvidas a mulher negra, por reconhecermos que quem nasce em especifico no Brasil com a cor mais clara tem notadamente privilgios na sociedade. Ento falarmos da miscigenao como algo positivo negar que um conjunto de fatores que direcionavam a um pensamento que era preciso embranquecer o povo na colnia chamada Brasil. Partindo dessa concepo tudo o que associado a negro considerado ruim, isto um construto social de negao a uma identidade racial, por isso muitas pessoas no se reconhecem como negros(as) na possibilidade de serem aceitos pelos outros no negros. Deste modo primordial entendermos que o racismo determinante na qualidade vida de negras e negros e este o ponto de partida para a proposio de polticas pblicas e sociais com recorte de gnero e raa para que desta forma visualizemos a equidade social.

Veja o artigo completo: PDF