Resumo Trabalho

VIOLNCIA CONJUGAL CONTRA A MULHER: QUANDO A INTIMIDADE SEXUAL PASSA SER UM ATO DE VIOLNCIA

Autor(es): SHARLENNY SANTOS ALENCAR e orientado por FERNANDA MENDES FERRUGEM e orientado por FERNANDA MENDES FERRUGEM

Esse artigo buscou analisar a violncia conjugal contra a mulher, uma grave violao de Direitos Humanos, que afeta todos os aspectos da vida da mulher, colocando-a em situao de risco. Essa violncia tem raiz no machismo estrutural, perpassando geraes, classes sociais e etnias. Como objetivos especficos nos propomos a discutir a relao dos fatores sociais/culturais com a violncia conjugal contra a mulher, compreender as causas dessa violncia e identificar as consequncias da violncia conjugal na vida social, sexual, profissional, afetiva, da mulher vitimizada, dando nfase violncia sexual praticada pelo parceiro intimo. O presente artigo se caracteriza como bibliogrfico, visando contribuir com o debate em torno do estupro conjugal. Sendo essa violncia bastante relativizada, numa sociedade machista, conservadora, religiosa, que tem uma educao que castra mulheres em sua sexualidade, ainda meninas, contribuindo com a perpetuao dos vrios tipos de violncia que mulheres so vtimas por seu parceiro ntimo. O debate profissional, social, acadmico, uma forma de trazer a tona os limites e as possibilidades diante dessa grave violao de Direitos Humanos, buscando, dessa forma, debater e articular formas de enfrentamento e preveno. Nesse sentido, a violncia sexual contra a mulher, uma das manifestaes de gnero mais cruel e persistente, por estar inserida numa cultura do estupro que naturaliza atos degradantes contra o corpo da mulher.

Veja o artigo completo: PDF