Resumo Trabalho

LESBOCDIO: AS HISTRIAS QUE NINGUM CONTA

Autor(es): SUANE FELIPPE SOARES, MILENA CRISTINA CARNEIRO PERES, MARIA CLARA MARQUES DIAS e orientado por MARIA CLARA MARQUES DIAS e orientado por MARIA CLARA MARQUES DIAS

Nesta exposio, resgata-se informaes e histrias de lsbicas assassinadas no Brasil. A proposta trazer reflexo coletiva a hiptese de que a precria cobertura miditica de tais eventos corrobora com a invisibilidade do movimento lsbico e suas pautas, e buscar, na Perspectiva dos Funcionamentos, um meio de construo de polticas pblicas que interfiram nessa equao. O objetivo central compreender a motivao desses crimes a partir da anlise material da posio na qual a lsbica se encontra na sociedade ocidental contempornea, da motivao lesbofbica dos crimes e do dio s lsbicas. Parte-se do princpio de que a ordem social da sexualidade heterossexual e tudo o que se desvia dela tido como uma afronta ao padro social institudo. A lsbica, por sua vez, alm de ser desviante, ainda sofre com a misoginia institucionalizada por fazer parte da classe mulher. Um exemplo disso o ntido apagamento que as mdias reproduzem ao no identificar a violncia contra lsbicas como lesbofobia, mas cham-la de homofobia erroneamente, uma vez que so violncias distintas. Destaca-se, ento, a necessidade urgente da criao e melhoria de polticas pblicas, no mbito da seguridade social e da comunicao social, que promovam o debate sobre lesbofobia na sociedade, que estejam no atendimento direto essas usurias, desde a ateno bsica at a ateno especial para lsbicas em situao de violncia.

Veja o artigo completo: PDF