Resumo Trabalho

MOVIMENTO LGBT VERSUS NEOCONSERVADORISMO: CONFLITOS E TENSIONAMENTOS NA DEMOCRACIA REPRESENTATIVA

Autor(es): VICTOR HUGO DE OLIVEIRA PINTO

O presente artigo tem como objetivo realizar abordagens filosficas sobre o cenrio poltico de tenso entre os movimentos neoconservadores aliados com a bancada religiosa a partir de uma perspectiva histrico-crtica desta conjuntura e o seus impactos em uma democracia representativa. Como metodologia utiliza-se referncias bibliogrficas como os estudos sobre o avano do neoconservadorismo no Brasil e na Amrica Latina a partir dos textos de David Stoll (ex-investigador do tesouro americano) e revelar a estratgia neoimperialista por detrs de tal aliana entre a direita poltica e os ultraconservadores religiosos. A partir destes dados, investiga-se tambm a relao de confronto e a estratgia da extrema direita de combater a populao LGBT atravs da negao de direitos como elemento para a reafirmao da famlia tradicional e, consequentemente, os interesses reprodutivos do capital em sua contraofensiva ps-guerra fria. Discute-se que, apesar dos grupos no-heterossexuais serem minorias, no se pode utilizar do argumento democrtico para deslegitimar ou desqualificar as minorias, uma vez que os Direitos Humanos estabelecem que todos, sem distino alguma, possuem direito a vida e a proteo (e proteo no privilgio). O conflito se d na disputa hegemnica de convencimento da sociedade, de um lado os conservadores com a falsa argumentao que os LGBTs so minorias e no podem sobressair sobre os demais grupos, de outro a necessidade do grupo de desconstruir tal estigma em afirmar a luta por direitos iguais e equnimes. Conclui-se que necessrio desconstruir permanentemente estas argumentaes em favor do respeito pela diversidade como concretizao da democracia e liberdade.

Veja o artigo completo: PDF