Resumo Trabalho

ALFABETIZAR E LETRAR: CONTRIBUIÇÕES DO PNAIC NA PRÁTICA DOCENTE ILZA MARIA TORRES; ANA PAULA SERAFIM MARQUES DA SILVA UNIVERSIDADE FEDERAL DA PARAÍBA E INSTITUTO FEDERAL DO RIO GRANDE NORTE (

Autor(es): ILZA MARIA TORRES

Os avanços no campo teórico, e as novas concepções de conhecimento sobre as formas e os processos de ler e escrever, nos leva a reflexão, a discussão de como acompanhar esse ritmo acelerado de desenvolvimento social. E por se tratar de uma prática social, a leitura precisa ser trabalhada com a diversidade de objetivos e modalidades que a caracteriza. Nesse contexto, realizamos esta pesquisa com o objetivo principal de investigar as práticas pedagógicas do Pacto Nacional pela Alfabetização na Idade Certa (PNAIC), que os educadores utilizam para formar leitores na perspectiva do letramento. Aqui, também almejamos apresentar as discussões sobre as políticas públicas, a partir dos documentos oficiais e do documento orientador do PNAIC, bem como as questões relevantes sobre o ensino na perspectiva do letramento e os fatores que contribuíram para esse fim, por meio do diálogo com Kleiman (1995) e Soares (2004; 2008; 2010; 2013). A pesquisa de campo foi realizada utilizando-se de entrevistas com a orientadora de estudo do PNAIC – a qual realiza as formações no munícipio de Coremas-PB, com a coordenadora de uma Escola Municipal da referida cidade e com as três professoras do Ciclo de Alfabetização. Identificamos o desenvolvimento de habilidades indispensáveis para o processo de letramento e alfabetização do educando e apresentamos o processo de implantação e o objetivo do programa PNAIC, assim como, avaliamos quais as práticas pedagógicas que podem ser utilizadas pelos professores, que sirvam como mediadoras na formação do leitor. Constatamos ao longo da pesquisa que a promoção da leitura literária ainda enfrenta inúmeros desafios, no entanto o programa vem contribuindo significativamente no desenvolvimento do ensino/aprendizagem da leitura e escrita na perspectiva do letramento, pois agregou contribuições para o processo de mudanças do ensino/aprendizagem e novos conceitos foram efetivados pelos agentes envolvidos, o que resultou perceptíveis melhorias nas práticas educativas e literárias.

Veja o artigo completo: PDF